Blog

02/06/2020

Junho Laranja: campanha de diagnóstico, prevenção e tratamento da anemia e leucemia

 

 

Conheça os principais sintomas dessas doenças e saiba como ser um doador de sangue e medula óssea.

O mês de junho foi escolhido para conscientizar as pessoas sobre a anemia e a leucemia, doenças que afetam o sangue. O objetivo é fazer com que a população entenda os sinais de alerta e procure um especialista o mais rápido possível a qualquer sinal dessas doenças para que não se tornem ainda mais graves.
Leucemia

A leucemia é uma doença do sangue que atinge os glóbulos brancos. É um tipo de câncer que afeta os tecidos formadores de sangue, incluindo a medula óssea.

Os sintomas da doença variam, muitos pacientes com tipos de leucemia de crescimento lento não têm sintomas e neste caso o tratamento pode incluir o monitoramento. Já os tipos de leucemia de crescimento rápido podem causar sintomas como fadiga, perda de peso, infecções frequentes e sangramento fácil ou hematomas. Neste caso, o tratamento pode incluir quimioterapia, que, às vezes, é seguida por radioterapia e transplante de células-tronco.

Anemia

A anemia se caracteriza pela diminuição dos glóbulos vermelhos no sangue. A doença pode ser detectada através de um exame de hemograma. Os principais sintomas são o cansaço, palidez, falta de ar, vertigem, tonturas ou batimento cardíaco acelerado. A identificação precoce do problema é essencial para o melhor tratamento.

E você pode contribuir para combater ambas as doenças. Seja um doador de sangue e de medula óssea, assim, você pode salvar vidas de quem não se conhece, ou de alguém próximo.

Seja um doador de medula óssea:
- Ter entre 18 e 55 anos e estar em bom estado de saúde;
- Seu sangue será tipado, que é um teste em laboratório para identificar seu tipo HLA (tipo de medula);
- Se identificado algum paciente compatível, outros testes sanguíneos serão necessários;
- Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para decidir a doação;
- Você ficará cadastrado até seus 60 anos;
- Mantenha seu cadastro sempre atualizado.

O cadastro é o primeiro passo para a possível realização da doação da medula óssea, juntamente com a coleta de uma pequena quantidade de sangue (5-10ml).

Procure o hemocentro da sua cidade e agende sua doação!

Seja um doador de sangue:
– É importante que você esteja em boas condições de saúde;
– Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos;
– Pesar no mínimo 50kg;
– Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
– Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);
– Apresentar documento original com foto recente;

A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para às mulheres.

O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para às mulheres.

GOSTOU DAS DICAS?

Então compartilhe essas informações com outras pessoas para que elas também aprendam a cuidar da saúde e ter uma melhor sua qualidade de vida!

Agende sua consulta aqui!