Blog

07/05/2020

Você conhece os sinais da Hepatite?

Maio Vermelho tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância de se prevenir da doença.

Neste mês, comemora-se o Maio Vermelho para alertar as pessoas sobre a Hepatite, uma inflamação no fígado, que muitas vezes é silenciosa e nem sempre apresenta sintomas, mas que pode ser combatida com o diagnóstico precoce. Existem alguns tipos de hepatite, cada um deles é causado por um vírus ou uma bactéria, ou ainda por doenças metabólicas e genéticas e também existe a hepatite autoimune, quando anticorpos atacam o próprio fígado. A falta de informação é um dos maiores obstáculos para o controle dessas doenças.

Tipos de hepatite

Existem vários tipos de hepatites. As mais frequentes são as hepatites A, B e C.

a) Hepatite A: a transmissão ocorre por meio de água, alimentos contaminados ou pelo contato com pessoas que apresentam o vírus. Os sintomas da doença incluem febre, perda de apetite, fraqueza, náuseas e dor abdominal. Pode ser evitada com vacina e o  tratamento é feito com auxílio médico.

b) Hepatite B: a transmissão ocorre por contato sexual, sangue de mãe para filho durante a gravidez, parto ao amamentação. Em alguns casos não apresenta sintomas, mas as pessoas podem apresentar dores abdominais, mal-estar, sensação de cansaço, coceira, náusea, pele e olhos amarelos ou urina escura. Pode ser evitada com vacina e o  tratamento é feito com auxílio médico.

c) Hepatite C: é um problema de saúde pública mundial. É uma doença perigosa, pois raramente apresenta sintomas, e pode destruir o fígado lentamente. Existem cerca de 2 a 3 milhões de pessoas infectadas no Brasil. A transmissão ocorre através do sangue contaminado e de mãe para bebê durante a gravidez, parto ou amamentação. O tratamento pode ajudar, mas essa doença não tem cura.

Existem ainda a  hepatite D (ocorre apenas entre pessoas infectadas pelo vírus da hepatite B. A transmissão exige o contato com sangue infectado), hepatite E (transmitido principalmente por meio de água potável contaminada com matéria fecal), hepatite alcoólica (inflamação do fígado causada pelo consumo excessivo de álcool) e a hepatite autoimune (inflamação no fígado que ocorre quando o sistema imunológico o ataca).

Quando não tratadas, as hepatites podem causar cirrose, câncer, ou necessidade de transplante de fígado e, em alguns casos, levam à morte do paciente. 

Por isso, vamos cuidar do nosso fígado. Ele é um dos principais órgãos do corpo, pois é responsável por diversas funções importantes para o metabolismo, como a sintetização de substâncias essenciais para o sangue, intestino e o sistema linfático. 

Ao sinal de algum sintoma ou dúvidas sobre a doença, procure ajuda de um especialista!


GOSTOU DAS DICAS?

Então compartilhe essas informações com outras pessoas para que elas também aprendam a cuidar da saúde e ter uma melhor sua qualidade de vida!

Fonte: Ministério da Saúde

Agende sua consulta aqui!